Blog Revollu

people together
Voltar

2021-09-09 3 min leitura

Cultura de aprendizagem: saber é menos importante do que aprender

Satya Nadella, CEO da Microsoft desde 2014 e nomeado por Bill Gates, fez exatamente e lindamente isso. Criou uma cultura de aprendizagem quando reorientou a Microsoft. Satya basicamente causou uma reviravolta na empresa ao enfatizar que saber é menos importante do que aprender.

Abrimos aqui o espaço para o repensar e refletir sobre essa questão. Você concorda?

Sua empresa tem uma cultura de aprendizagem?
Conseguir definir as habilidades que você, na sua empresa, quer monitorar e atuar de forma intencional ao criar o processo de monitorar e credenciar. Essas são algumas das reflexões que Bryan Hancock, Ashish Kothari e Monica Toriello da Mckinsey trouxeram em um excelente bate papo.

Ashish ainda completa que é preciso repensar radicalmente como a aprendizagem acontece. "Pois ela não acontece só na sala de aula. A aprendizagem acontece na sala de aula, no trabalho e nas comunidades em que aplicamos muitas dessas coisas. Portanto, precisamos repensar as jornadas de aprendizagem."

Ele ainda traz um ponto relevante e estratégico por parte das corporações, quando diz que é preciso medir o investimento em aprendizagem com o mesmo rigor com que gerenciamos os investimentos em capital.
Isso é investir em capital humano.

"Tenho visto as medidas de retorno do investimento mais fracas no que diz respeito à aprendizagem e, como consequência, os orçamentos de L&D [aprendizagem e desenvolvimento] estão em queda livre no momento em que mais precisamos deles.
Se pensarmos nessas três ações em conjunto – tornar-se uma organização de aprendizagem, migrar do treinamento em sala de aula para jornadas de aprendizagem integradas e medir nosso investimento em aprendizagem, continuando a otimizá-lo como um investimento principal no mesmo nível de quaisquer outros investimentos –, poderemos ficar bem animados com o futuro."

Gostou? Como essa transformação ocorre na sua empresa? Conta pra gente!

Receba
a nossa
newsletter:

you don't want to miss this

1 / 3